Seja Bem-Vindo!

PÁGINA INICIAL (Home)

Dica: Utilize a pesquisa personalizada do blog para assuntos específicos em relação ao ceratocone.

Este blog tem o compromisso de divulgar informações precisas e atualizadas sobre o ceratocone e as opções de tratamento, cirurgias e especialmente da reabilitação visual com uso de óculos ou lentes de contato.

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 24 de março de 2013

Cuidados com as Lentes de Contato Rígidas


Lente Scleral Bastos de 19.5 mm.

A correta limpeza, manuseio e assepsia das lentes rígidas gás permeáveis (RGPs) é um dos principais fatores a garantir uma maior longevidade das lentes, conforto e segurança para o paciente. Inclui-se nesta afirmação as lentes esclerais (e semiesclerais) modernas. As lentes RGPs são aquelas adaptadas diretamente na córnea e ficam dentro da uma limitação de 12.5 mm. de diâmetro, tendo em média o diâmetro de 9.0 a 11.5 mm atualmente. As lentes esclerais são rígidas mas não apoiam-se (ou não devem se apoiar) na córnea e nem no limbo (transição) e sim apoiarem-se suavemente na porção branca dos olhos (esclera) e tem diâmetros entre 18.0 e 23.0 mm.

Lente RGP diâmetro 10.5 mm.

Embora as lentes rígidas (e esclerais) sejam menos propensas a contaminação por não absorverem água, lágrima ou produtos de limpeza, se não forem limpas adequadamente elas formam depósitos muco-proteícos da lágrima que aderem lentamente e gradativamente sobre sua superfície interna e externa. Estes depósitos acumulam-se e podem tornar a lente opaca como se estivesse suja), prejudicando a visão e até mesmo o conforto no seu uso. É comum ver pacientes que cuidam bem ou os que são mais relapsos no cuidado com as lentes durante as visitas de revisão, especialmente aqueles que voltam de um ano para mais da última visita ou mesmo da entrega das lentes. Estes depósitos inicialmente são invisíveis mas com o tempo vão acumulando em finas camadas até que se torna visível para o próprio paciente a olho nu ao examinar a própria lente. A partir deste momento mesmo que o paciente passe a limpar suas lentes com maior frequência (até mesmo por necessidade) em muitos casos pode não adiantar muito, os depósitos depois de acumulados somente podem ser limpos no laboratório onde produtos específicos são utilizados e pode haver necessidade de um polimento para renovar as lentes.

Outra questão não menos importante que a limpeza adequada é o cuidado com o manuseio das lentes de contato. É importante compreender que as lentes rígidas são feitas de um material sensível a riscos e especialmente a região da borda da lente (assim como seu desenho geométrico total) é responsável em grande parte pelo conforto ou desconforto no uso. Para abordar estas questões acima expostas, elaborei um guia de usuário de lentes rígidas (e esclerais) de maneira que possa servir como orientação para todos aqueles que estão adaptados, estão em adaptação ou irão fazer adaptação de lentes de contato rígidas gás permeáveis ou esclerais.

Guia do usuário de LC RGPs/Esclerais

Embora existam inúmeras soluções voltadas para limpeza e assepsia de lentes de contato no mercado, são poucas as opções disponibilizadas para estas lentes pela indústria farmacêutica que concentra seus produtos voltados para os usuários de lentes gelatinosas e gelatinosas descartáveis. As soluções para lentes RGPs  mais conhecidos dos usuários são o Boston Simplus (Bausch & Lomb) e Opti Free GP (antigo Unique Ph). Este último é o mais difícil de encontrar, muitos pacientes referem não encontrar o produto facilmente e inclusive tem que encomendar de outras cidades em alguns casos.
O fato é que estas soluções multiuso não são muito eficientes para limpeza se utilizadas unicamente. Na nossa experiência de cerca de 45 anos com lentes rígidas é possível estabelecer algumas considerações em relação a este tema muitas vezes relegado a um segundo plano ou mesmo deixado de lado por alguns especialistas.

Como limpar suas lentes rígidas (e esclerais)

A limpeza das lentes rígidas deve ser feita antes de inserir as mesmas nos olhos, no entanto é de extrema importância uma limpeza mais efetiva após o seu uso. No momento que se retira as lentes elas estão com a superfície coberta por uma película de lágrima que também junta micropartículas presentes no ar durante o uso. Esta lágrima que fica retida na lente se não for limpa pode ser o início de um processo de acúmulo de depósitos muco-proteicos. 

Tutorial

1. Lave bem as mãos com sabonete neutro, enxague e seque as mãos (se possível com toalhas de papel) e com as mãos secas retire as lentes, uma de cada vez. Procure sempre começar do mesmo lado para não misturar as mesmas.

2. Com a palma da mão aberta posicione a lente com a porção convexa (externa) virada para baixo de maneira que ela se acomode na sua mão. Com o dedo indicador (ou outro) da outra mão retire o excesso de lágrima da superfície interna da lente.

3. Utilize shampo J&J Baby Neutro (Ph Balanceado), levemente diluído com água (ou soro fisiológico se preferir) para pingar algumas gotas sobre a lente.

4. Com o dedo indicador ou outro menor, faça movimentos circulares como se estivesse massageando a lente. Este movimento irá gerar uma fricção e irá "ensaboar" a lente sobre a palma da outra mão aberta. É a melhor maneira de garantir que a lente será limpa efetivamente, nada substitui a fricção. Não utilize força ou pressão excessiva contra a lente pois poderá quebrá-la ou danificá-la, faça movimentos circulares leves.

5. Após alguns segundos de fricção será necessário enxaguar a lente para que escorra o shampo e os detritos que saíram da lente. Neste momento você pode utilizar água corrente mas certifique-se de utilizar um ralo (ou rede) de proteção (de preferência plástico ou borracha).

6. Após enxaguar a lente, seque novamente as mãos e aí sim utilize a solução multiuso recomendada pelo seu oftalmologista ou aquele que você está acostumado. Certifique-se de que a lente foi completamente coberta pela solução e aí sim pode armazená-la no estojinho.

7. Repita a operação com a outra lente.

8. Para colocar as lentes no dia seguinte, não é necessário refazer todos estes passos, utilize apenas a solução multiuso indicada pelo seu médico para colocar as lentes, afinal elas foram limpas corretamente no dia anterior, certo?

9.  Pelo menos uma vez por semana faça uma limpeza e higienização do estojinho das lentes, você pode utilizar sabonete líquido neutro e uma escova de dentes de cerdas duras (utilizada apenas para este fim) e limpe bem as pequenas arestas que podem juntar sujeira com o passar do tempo.

10. Deixe o estojinho secar virando ele para baixo em cima de uma toalha de papel limpa.    


Manuseio das Lentes Rígidas - Tutorial

O correto manuseio das lentes garante que as chances de ocorrer um eventual dano ao desenho e/ou material das mesmas. Um dos principais riscos de dano é quando a lente cai durante o manuseio. Frequentemente a lente cai em algum cantinho difícil de juntar e se ela estiver com a superfície côncava (interna) virada para baixo fica ainda mais difícil juntar.

Caso você utilize uma pia com tampo o simples ato de arrastar a lente sobre uma superfície (no caso dela estar virada para baixo) pode comprometer o polimento da borda e mesmo o seu desenho. É importante saber que a borda da lente tem fundamental importância no sucesso da adaptação, no conforto e na segurança para o paciente. No IOSB nós sempre ressaltamos para os pacientes que utilizam as lentes Ultracone por exemplo de que não arrastem a lente em nenhuma hipótese pois a lente Ultracone possui um dos mais avançados desenhos de lentes especiais para o ceratocone, e seu desenho tem controle microscópico de borda o que garante um excelente conforto e a melhor relação lente/córnea. Se a borda for danificada ela poderá perder este desenho de borda pois a superfície da borda terá uma interrupção no desenho o que pode comprometer o conforto e mesmo a saúde fisiológica da adaptação.  Procure inspecionar a lente antes de recolocá-la para procurar eventuais quebraduras ou rachaduras na borda e na lente.    

Higiene

Sempre procure manusear as lentes com as mãos limpas. No dia-a-dia utilizamos as mãos para abrir portas (maçanetas), descer escadas (corrimão), tocar em objetos que podem estar contaminados. Evite coçar os olhos, se necessário lave as mãos antes e faça sem utilizar força excessiva ou por muito tempo e se isso ocorrer procure orientação com o seu oftalmologista para saber se a coceira ocular deve-se a alergia, se decorrente de pouca lágrima nos olhos ou se ao desenho/qualidade das suas lentes.

Ao cuidar deste aspecto da higiêne, basicamente você também estará prevenindo-se de um eventual contágio de gripe ou do H1N1. Grande parte da contaminação ocorre pelo contato, portanto atenção a este detalhe básico de higiêne. Lave as mãos com a frequência necessária.

Colocar e tirar lentes rígidas (e esclerais)

Para colocar lentes rígidas, basta orientação, treinamento e determinação por parte do paciente, mas é importante lembrar que ninguém (ou quase ninguém) consegue se adaptar a lentes de má qualidade e/ou mal adaptadas. Ter determinação de colocar uma lente que apenas sente a presença dela nos primeiros dias é uma coisa, se for a sensação de um "caco de vidro" ou um "tijolo" nos olhos ninguém se adapta.

Tanto as lentes RGPs como as lentes esclerais precisam ser colocadas com o paciente sem mover os olhos para os lados ou para cima/baixo. Se o paciente olhar para o lado a lente entra errado e irá ficar desconfortável, fora de posição (ou com bolha se for lente escleral). No caso das lentes rígidas elas poderão deslocar-se para a esclera, mas não se preocupe. Mas olhar para o sentido inverso ao qual ela está (se estiver debaixo da pálpebra superior olhe para baixo e procure empurrar ela por cima da pálpebra para baixo) e utilizar a própria pálpebra para colocá-la no lugar.

Para retirar as lentes rígidas há duas técnicas principais que são a pressão vertical ou horizontal das pálpebras, o paciente deve ser ensinado quanto as duas para ver qual se sente melhor. Há uma terceira possibilidade que é a utilização do recurso da ventosa (tipo DMV Ultra). Esta ventosa é de altíssima qualidade, bem macia para não machucar e firme o suficiente para mal tocar na lente e ela sair, basta molhar a extremidade da mesma. Para retirar lentes esclerais a ventosa DMV é bastante eficiente, no entanto é importante que ela seja aplicada na porção inferior da lente, próxima a pálpebra inferior. O paciente deve inclinar a cabeça para frente (testa para frente, queixo para trás), abrir as pálpebras com os dedos da outra mão, olhar para o espelho e certificar-se de que a ventosa irá tocar a parte inferior da lente, fazendo com que ela venha para frente e para baixo delicadamente e sem piscar (muito importante não piscar durante a retirada). Desta maneira a lente irá sair mais facilmente, se a ventosa for aplicada no centro ela irá exercer uma pressão negativa contra a conjuntiva que recobre a esclera e gerar um efeito de sucção, sem sair do olho.  Abaixo um víeo tutorial que mostra como inserir e retirar as lentes RGPs. 




 A lente caiu, e agora?

Em primeiro lugar é importante não se mexer, procure verificar se a lente não ficou em cima da pia, se não ficou no seu rosto ou na roupa, olhe para o chão ao redor dos seus pés e planeje cuidadosamente um passo para deslocar-se e saber que não irá pisar na lente por acidente.

 
Se a lente cair virada para baixo há duas maneiras de juntar a mesma sem arrastá-la, a primeira é umedecer a ponta do dedo e delicadamente tocar o centro da lente e levantar o dedo. Com alguma sorte a mesma irá vir junto com o seu dedo. A outra maneira, mais fácil é utilizar uma ventosa especial importada (a Ultralentes dispõe estas ventosas), basta molhar a pontinha da ventosa e tocar delicadamente a lente para ela ficar grudada, aí basta levantar a lente.

 Lembre-se de que é importante não arrastar a lente para não arruinar o seu desenho e danificar a mesma. Caso isso ocorra a lente deverá ser entregue ao oftalmologista para ele avaliar e eventualmente enviar ao laboratório para polimento e recuperação (se eles fizerem este serviço).

Quebrei/Perdi a lente, e agora?

Quem usa lentes há muitos anos sabe como é, por mais cuidado que se tenha um dia acidentalmente pode-se perder ou quebrar a lente. Quem usa lentes há mais tempo geralmente guarda as suas lentes anteriores (velhas). A tentação de pegar aquela lente do olho direito ou esquerdo do par antigo é grande, mas cuidado!!!

Uma informação importante sobre o par antigo, é preciso saber se as lentes foram repetidas ou se foram reajustadas (curvatura diferente). Se este par da lente perdida/quebrada foi feita devido a um episódio de progressão do ceratocone é provável que esta lente antiga esteja desatualizada e não seja indicada a sua reutilização sob nenhuma hipótese, especialmente se a diferença dos parâmetros for significativa em relação as antigas (velhas).

A reutilização de lentes antigas pode parecer tentador para o paciente que muitas vezes pode achar desagradável ter que gastar novamente com uma lente nova, entretanto o "barato sai caro". É possível que lente antiga proporcione até mesmo uma visão aparentemente melhor pois ela pode estar tocando o centro da córnea, "achatando o ceratocone ou o ápice da córnea e isso irá gerar uma lesão central.

Uma lente que provoca toque central fatidicamente irá provocar um atrito mecânico com o epitélio corneano, pode levar alguns dias ou mesmo semanas mas irá criar uma microlesão e as vezes o paciente somente começa a sentir quando há o rompimento do epitélio corneano que é a primeira camada da córnea. Se a segunda camada, chamada membrana de Bowman for rompida há dor e a erosão de córnea pode levar a uma úlcera de córnea. Se esta lesão persistir e o paciente não for corretamente orientado e medicado poderá criar com o tempo uma cicatriz ou nébula (leucoma) que não regride. Esta opacidade muitas vezes fica muito próxima ao eixo visual e pode atrapalhar a acuidade visual fazendo com que haja uma pequena perda da melhor acuidade. Suspenda o uso da lente e vá imediatamente ao seu oftalmologista se tiver dor ou olho vermelho.

A instrução correta é não reutilizar lentes antigas se elas forem substituídas devido a um episódio de progressão e os parâmetros trocados. Se tiver que utilizar faça somente em caráter emergencial e o menor tempo possível. Assim que possível telefone para o seu oftalmologista e veja a possibilidade de encomendar uma lente nova, através do seu prontuário ele poderá saber se ele pode pedir a lente de substituição ou se está na hora de fazer uma revisão.

No caso da lente antiga ser semelhante a "nova" quebrada/perdida lembre-se de que as lentes foram trocadas por algum motivo, provavelmente por estarem já velhas, riscadas ou com depósitos muco-proteicos. Não demore para repor sua lente quebrada ou perdida.

Revisões: A importância do seu oftalmologista

As visitas de retorno ou de revisões periódicas são fundamentais para assegurar que seus olhos estão saudáveis e que as lentes estão em bom estado e corretamente ajustadas para os seus olhos. O oftalmologista treinado para adaptação de lentes rígidas (RGPs) tem condições de avaliar os seus olhos e assegurar que as lentes estejam corretamente ajustadas, se ele observar algum detalhe importante confie nele. As vezes o paciente não tem queixa, não tem sintoma mas a lente pode estar causando alguma microlesão no epitélio e se não for observado isso em tempo depois pode criar uma situação pior, fazendo com que o paciente tenha que interromper o uso das lentes.

No IOSB temos uma casuística de pacientes de ceratocone realmente grande, é comum pacientes mesmo antigos, do tempo do meu pai, usarem suas lentes por 2, 3, 4 e até mais anos consecutivamente e retornarem apenas quando as lentes realmente ficam velhas. Temos até um recorde interno, os três líderes do ranking utilizaram as mesmas lentes por 8, 10 e 12 anos, acredite se quiser. No entanto essa é a exceção e não deve ser absolutamente levado em consideração.

O ideal é que o paciente faça uma revisão anual ou na pior das hipóteses há cada 18 meses se estiver tudo absolutamente bem, sem olho vermelho, sem desconforto e a lente se comportando corretamente nos olhos. A vida moderna hoje é muito corrida, tudo é mais rápido e com maior intensidade, caso você não tenha ido revisar suas lentes nos últimos dois a três anos talvez seja a hora de ir, não deixe para depois.

Imagem tomográfica Pentacam
Uma dica importante para exames de Topografias/Tomografias de Controle ou revisão de adaptação é suspender o uso das lentes por três dias antes do exame ou consulta. Se você tem que fazer lentes novas e faz tempo que não visita o seu oftalmologista faça isso. O motivo é que a córnea geralmente modifica-se de acordo com a lente que está sendo utilizada, mesmo que estiver bem adaptada/ajustada. Para uma avaliação precisa e correta o ideal é que o paciente fique sem as lentes (três dias se forem rígidas e 7 dias se forem gelatinosas) por este período, desta maneira tanto exames como topografia ou tomografia de segmento anterior e reavaliação de adaptação de lentes será mais preciso. Uma topografia feita com o uso prévio de lentes (tirar a lente apenas antes do exame) irá apresentar um padrão diferente do que se ficar sem utilizar a lente (rígida) por três ou mais dias.

Um detalhe importante: Esse prazo de três dias as vezes pode ser pouco. Em alguns casos de primeira consulta no IOSB alguns pacientes que foram adaptados em outro local vem com lesões ou marcas das lentes nos olhos, em alguns casos chega a ficar a marca da lente no olho como se o paciente estivesse com ela ainda, mesmo sem estar. Em casos como este as vezes poderá ser necessário suspender o uso das lentes rígidas por mais tempo, entre 5 e 7 dias.

Outras questões relacionadas

Eu uso lente gelatinosas, e agora?
Não se aplica a este tutorial no entanto a recomendação é seguir criteriosamente as orientações dadas pelo seu oftalmologista e fazer o acompanhamento com a regularidade de uma vez ao ano ao menos.

Eu uso piggyback, e agora?

O sistema piggyback consiste em utilizar uma lente gelatinosa por baixo e a rígida por cima, existem duas situações que podem levar a este tipo de adaptação:

a) Dificuldade em posicionar ou centralizar a lente rígida na adaptação do ceratocone.
b) Intolerância a lentes rígidas*

* Obs. Em Dezembro de 2012, durante o primeiro Curso Avançado Saul Bastos de LC Especiais tive a oportunidade de debater sobre este tema com alguns amigos oftalmologistas e palestrantes. No IOSB, que adapta lentes especiais para o ceratocone há mais de 40 anos e com mais de 20 mil pacientes adaptados neste tempo, nunca fizemos piggyback. Embora eu compreenda que os motivos de alguns especialistas lançarem mão desta técnica e terem "sucesso" nós não gostamos da mesma. No entanto cabe mencionar que é uma técnica válida e utilizada mundialmente.

Em nossa experiência, todos os pacientes que vem ao IOSB e usavam o sistema piggyback chegaram um dia a intolerância absoluta do sistema. Trocaram a lente gelatinosa, trocaram os produtos, nada mais funciona. Com algumas horas de uso, olhos vermelhos, ardência, sensação de queimação, etc e tem que retirar/suspender as lentes. Meu pai e eu costumávamos chamar esta técnica de "time bomb", uma alusão a uma bomba relógio a qual desconhece-se quando irá detonar mas está programada para em algum momento disparar.

O que fazemos? 

Avaliação criteriosa do caso, readaptação com lentes rígidas (ou esclerais), orientação e controle. Muitos destes casos requer a utilização de lentes superpersonalizadas para atingir uma adaptação aceitável onde o conforto, a melhor acuidade visual possível e a preservação da saúde fisiológica da córnea possa ser mantida. Devido a casos de maior complexidade que tivemos que desenvolver as variações da lente Ultracone (UC) chamadas UC PCR, UC Nipple, UC Extreme e mais recentemente a Scleral Bastos UC. Hoje estas lentes estão disponíveis para o oftalmologista credenciado na Ultralentes, aos poucos eles vão complementando as suas lentes de teste com estas séries, no entanto cerca de 90% dos casos podem ser solucionados com a lente Ultracone original.

Mas eu uso piggyback sem problemas, e agora?

A recomendação é a mesma de sempre, quanto a questão da higiene e da absoluta necessidade de se fazer uma completa assepsia e limpeza nas lentes (nos dois pares) principalmente nas gelatinosas que são extremamente susceptíveis de contaminação. A utilização de dois pares de lentes e de dois sistemas de limpeza tornam a adaptação demasiadamente onerosa para o paciente, além de mais tempo para manutenção e limpeza.

A utilização de lubrificantes em forma de lágrimas artificiais prescrito pelo oftalmologista pode ajudar a tornar o tempo de uso maior e de maior longevidade, no entanto é preciso estar alerta ao uso indiscriminado destes lubrificantes oculares devido a ação dos conservantes que possuem uma certa toxicidade. Com o uso crônico os olhos podem reagir a esta toxicidade e gerar um efeito contrário ao desejado. Felizmente hoje existem colírios lubrificantes sem conservantes que podem ser mais seguros neste sentido.

Lubrificantes - Lágrimas Artificiais

É importante que o oftalmologista tenha experiência para avaliar se os sintomas eventualmente percebidos pelo paciente como sensação de olhos secos deve-se realmente a uma carência de lágrimas ou se o desenho da lente rígida não está permitindo uma adequada troca lacrimal. A lente ideal é aquela que apresenta o melhor padrão (de fluoresceína), melhor centralização e mobilidade ideais sem que o paciente sinta a lente. 

Em caso de suspeita de síndrome de olho seco (seja qualitativa ou quantitativa) utilizar os testes apropriados como T-BUT, Teste de Schirmer 5 min c/ anestésico (protocolo do Wills Eye Hospital) e Lisamina Verde para avaliar e orientar o paciente. Em alguns casos é importante a investigação levando-se em conta idade, suspeita de doença reumática (encaminhar para o reumatologista) se suspeitar de Síndrome de Sjrögen ou Stevens Johnson.

O uso de lubrificantes em forma de lágrima artificiais é comum em alguns pacientes usuários de lentes RGPs, seja com ceratocone ou não. No entanto o uso crônico deve ser evitado, se a lente incomodar ao ponto de ter que utilizar o colírio mais de 4 a 6 vezes ao dia é importante reavaliar a adaptação com o oftalmologista. Alguns lubrificantes tem uma maior viscosidade e demoram mais para evaporar ou serem drenados, o oftalmologista poderá se necessário lançar mão deste recurso.

Colírios anti-alérgicos

Temos visto muitos casos de pacientes que vem ao IOSB utilizando anti-alérgico ocular, em muitos casos estes pacientes tinha coceira causada pelo uso das lentes que ele foram previamente adaptados. Com a readaptação não houve necessidade de permanecer com a medicação, em alguns casos os lubrificantes agem de maneira mais eficaz pois a sensação de coceira devia-se a problema lacrimal e não alérgico, embora esteja registrada na literatura médica oftalmológica a correlação entre o ceratocone e a rinite alérgica especialmente, mas não é uma regra absoluta.

Espero ter contribuido com maiores informações sobre o cuidado com as lentes de contato rígidas para aqueles que necessitam deste recurso para a sua reabilitação visual.

Luciano Bastos
Diretor & Instrutor Clínico de LC Especiais - www.iosb.com.br
Diretor & Consultor em LC Especiais - www.ultralentes.com.br

101 comentários:

Rosemeri Magalhães disse...

Prezados,

Vou iniciar o uso de lentes esclerais pois nunca tinha conseguido adaptar lentes antes. Só tenho uma questão: poderiam me dar uma dica de como retirá-las com mais facilidade? Uso a ventosa e consigo retirá-las com um certo esforço, mas gostaria de saber se existe um jeito de retirá-las sem o uso da ventosa, usando somente os dedos?
Aguardo, obrigada
Rosemeri Magalhães

Luciano Bastos disse...

Rosemary, talvez este vídeo do IOSB possa ajudá-la. Copiar e colar o link no navegador:

http://iosb.blogspot.com.br/2010/11/lente-semi-escleral-ssb.html

Atenciosamente,

Luciano Bastos

Igor Victor disse...

Olá, amigos! Comecei a usar minhas lentes de contato rígidas há 1 semana, mas ao colocá-las ainda enxergo um pouco embaçado e em uma das lentes sempre há bolhas, o que posso fazer?
Obrigado!

Igor Victor disse...

Olá, amigos!

Comecei o uso de lentes de contato rígidas para ceratocone há uma semana, mas ainda estou enxergando muito embaçado e todas as vezes que coloco uma das lentes sempre aparece bolhas. O que pode ser?

Obrigado!

Luciano Bastos disse...

Igo Victor,

Retorne no seu oftalmologista, geralmente a presença de bolhas ou também conhecidas como micro-bolhas podem significar que a lente está com a curvatura muito fechada (apertada) sobre a córnea. Talvez seja preciso trocar a lente.

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog V&T,

Anônimo disse...

Tem dois dias que comeceii a usar minha lente rigida aproximadamente 8 horas apos estar com as lentes meus olhos ficam vermelhos e uma sensação de ardencia. Isso e norma?

Luciano Bastos disse...

O correto é começar com uma hora e aumentar uma hora por dia o tempo de uso. Com o passar dos dias deve ir melhorando se estiver tudo bem.

Se mesmo assim tiver dificuldades em usar as lentes, lacrimejar muito ou os olhos ficarem sempre vermelhos pode ser um problema na lente ou a mesma não está corretamente adaptada para o seu caso.

Elisnane Maciel disse...

Eu uso lentes de contato rígida há 11 anos e nunca tive problema algum. Tenho miopia e astigmatismo e retorno ao médico para trocar as lentes anualmente. Esse tipo de lente não é nada confortável, mas já tenho total facilidade no manuseio por conta da minha experiência com elas. Não troco por óculos jamais.

Igor Highlander disse...

Prezados

Comecei a utilizar lentes rígidas, estou ciente do desconforto, porém minha visão está mais embaçada que antes. Não sei se é certo esperar uma melhora tão rápido, mas ainda sim tenho a sensação de ter invertido as lentes. Teria algum sintoma ou vocês poderiam dar uma dica pra saber se estou usando a lente no olho certo?
Desde já agradeço.
Igor Highlander

Luciano Bastos disse...

Olá Elisnane,

Acredite-me, existem lentes que são mais e outras nem tanto confortáveis, depende do desenho das lentes. Acertada a questão do conforto e adaptação a visão mais ampla e a liberdade de não utilizar óculos com graduação forte é muito bom para o paciente com alta miopia.

Sucesso!
Luciano


_________________________________

Igor,

Normalmente se a lente foi bem adaptada (parâmetros corretos para o seu caso) e tem boa qualidade o conforto e adaptação devem ocorrer naturalmente em até 10 dias normalmente. A questão da acuidade visual você deve ver com seu oftalmologista nas revisões.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Poliane - Negra Show!! disse...

Eu tenho ceratocone, e comecei a usar esse mês a lente de contato rígida, realmente é uma luta para usa-las, porém a qualidade da visão é outra. Gostei muito do tutorial, me ajudou bastante!

Simone Santos disse...

Olá,

Comecei a usar lentes rígidas e comprei o produto opti-free replenisg, mas só reparei que ele é para lentes gelatinosas e de silicone-hidrogel quando cheguei em casa, este produto pode estragar minhas lentes ou diminuir o tempo útil dela?

Luciano Bastos disse...

Olá Poliane,

Uma boa adaptação depende essencialmente de dois aspectos:

1. A lente deve ser de boa qualidade e de alta tecnologia. Existem várias lentes disponíveis no mercado, nem todas estão disponíveis para todos os oftalmologistas. A Ultracone por exemplo está disponível a um seleto grupo de oftalmologistas credenciados na Ultralentes, no entanto sua utilização vem se expandindo ao longo de outros especialistas. Trata-se de política de trabalho do laboratório. Existem naturalmente outras lentes boas, as vezes depende um pouco da sorte do paciente de encontrar uma lente (e um especialista) que resolva bem o problema.

2. A lente deve ser bem adaptada por um especialista experiente que saiba examinar a adaptação e a lente para ver o que deve ser modificado para melhorar a adaptação. Um laboratório que dê um suporte técnico de alta categoria ajuda muito.

Boa sorte,
Luciano Bastos


______________________________

Olá Simone Santos,

Pela nossa extensa experiência no IOSB observamos que alguns pacientes que utilizam o Opti Free Replenish não tem nenhum problema de intolerância ou alergia ao produto, sendo que ele cumpre o seu papel e não estraga a lente, não se preocupe.

Mas sempre recomendamos a limpeza mecânica (por fricção) utilizando shampoo J&J neutro (Baby) de Ph balanceado diluído em água* (50%-50%). Após a limpezxa mecânica aí sim utilizar o produto multiuso de lentes de contato.

Há também a linha do Opti Free GP (antigo Unique Ph com novo nome) que é um ótimo produto consagrado para lentes rígidas. Este sim não pode ser utilizado por quem usa lentes gelatinosas.

Se for experimentar o Opti Free GP pode postar sua experiência aqui, comparando os dois produtos e me dizer qual foi o resultado de sua experiência.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Kuati disse...

Bom dia,usei a lente rigida a 8 anos atras,esse ano voltei a usar,estou sentindo mais desconforto que antigamente é normal?
Quanto a limpeza não uso J&J baby para a fricção,so tiro a lente do olho passo o Boston SIMPLUS para a limpeza e guardo as lentes no estojo!
Corre algum risco das lentes pegar algum tipo de fungo?

Luciano Bastos disse...

Na nossa experiência (de cerca de 45 anos com lentes rígidas, e com uma casuística de mais de 10 mil casos de ceratocone, vendo cerca de 150 pacientes de lentes RGPs) o uso de apenas o produto multiuso de lentes de contato não é suficiente em grande parte dos casos para a correta remoção dos depósitos muco-proteicos da lágrima que aderem com o tempo na superfície das lentes.

O tempo de vida útil da lente será menor, e não é o caso de contaminação mas sim de desconforto e/ou perda de transparência da lente devido ao acúmulo de depósitos.

O uso do shampoo J&J Baby (neutro, Ph Balanceado) diluído em cerca de 50% com água (água tratada ou soro fisiológico se preferir) para fazer a fricção é um excelente método de limpeza, muito mais eficiente e barato. A lente rígida não contamina e somente lentes de má qualidade ou incorretamente adaptadas causam lesões nos olhos, salvo se o paciente não faz um acompanhamento correto e tem episódio de progressão do ceratocone, quando a lente pode tocar o ápice do cone e fazer uma ceratite ou mesmo erosão.

Você voltou a usar uma lente de 8 anos atrás, ela pode até estar em boas condições, mas estará apropriada para a sua condição atual? Você deve ir imediatamente no seu oftalmologista para reavaliar o caso e conforme for atualizar as suas lentes ou seja, fazer novas pois é possível que seja necessária uma alteração na curvatura e do grau das mesmas.

Espero ter ajudado.

Atenciosamente,
Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Correção:

No meu texto acima, onde se lê:

"...vendo cerca de 150 pacientes de lentes RGPs...)" entenda-se 150 pacientes de lentes RGPs e esclerais por mês.

O tempo de 45 anos e este número de pacientescom ceratocone refere-se a desde o início da atividade de meu pai, Dr. Saul Bastos, como pioneiro no Brasil na reabilitação visual com o uso de lentes de contato especiais e na visão sub-normal.

Kuati disse...

Não são as mesmas lentes, fiz novos exames e fiz novas lentes,porém sinto mais incomodado que a 8 anos atrás e a médica atual não me passou o uso do J&J e me lembro que quando usei a primeira vez foi me recomendado!!!

Anônimo disse...

Olá, uso lente de contato rígida descobri que tinha ceratone aos 14 anos fiquei muito triste por ter que usar mais, sinceramente tem 1 mes que uso e senti a diferença minha visao melhoro 100% pra quem corria risco de faze um transplante mas o que mi encomoda é o desconforto que é grande tipo meu olho ainda doi sinto desconforto mais acho que é pq nao mi adpitei bem preciso mi acostumar sinto uma pedra mas a visao 100% vcs acham que é falta deu persistir ? desconforto normal

Luciano Bastos disse...

Olá Anônimo,

Realmente a qualidade da visão com lentes rígidas é a melhor opção em termos de "tratamentos" existentes para o ceratocone.

Não é normal ainda persistir o desconforto com as lentes em um mês, provavelmente o acabamento destas lentes não está adequado. Pergunte ao seu oftalmologista se ele você poderia fazer testes com a lente Ultracone. Ele pode contatar o laboratório Ultralentes em Porto Alegre e obter informações de como proceder.

A lente Ultracone poderá lhe proporcionar, além da ótima visão que as lentes rígidas proporcionam, um grande conforto e assegurar a saúde fisiológica da córnea. Caso não tenha sucesso você ainda pode consultar com um dos credenciados verificando no website um oftalmologista perto de você no link abaixo:

www.ultralentes.com.br/onde-encontrar/

Boa sorte na sua adaptação.

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog C&T.

yure disse...

faz três dias que eu comecei a usar minhas lentes rígidas, estou conseguindo ficar de boa com elas o dia inteiro, mas quando eu tiro elas do meus olhos meu olho direito fica como estivesse dilatado sem ver nada nele, sendo que quando eu não usava as lentes eu via até bem no olho direito, mas se eu colocar de volta às lentes vejo perfeitamente, isso é normal me ajudem?

Anônimo disse...

Eliane - Rio de Janeiro
Boa tarde, achei esse blog ótimo. Parabéns! Uso lentes rígidas há muitos anos , lavo com J&J e guardo no estojo com Boston Simplus. Depois quando vou usá-las , tiro-as do estojo , enxáguo em água corrente , pingo o Boston e coloco direto nos olhos , isso pode??
Outra coisa , qual o colírio indicado qdo houver desconforto por segura ou cisco??
Obrigada, Eliane

Anônimo disse...

Boa tarde, achei esse blog ótimo. Parabéns! Uso lentes rígidas há muitos anos , lavo com J&J e guardo no estojo com Boston Simplus. Depois quando vou usá-las , tiro-as do estojo , enxáguo em água corrente , pingo o Boston e coloco direto nos olhos , isso pode??
Outra coisa , qual o colírio indicado qdo houver desconforto por segura ou cisco??
Obrigada

Anônimo disse...

Boa tarde, achei esse blog ótimo. Parabéns! Uso lentes rígidas há muitos anos , lavo com J&J e guardo no estojo com Boston Simplus. Depois quando vou usá-las , tiro-as do estojo , enxáguo em água corrente , pingo o Boston e coloco direto nos olhos , isso pode??
Outra coisa , qual o colírio indicado qdo houver desconforto por segura ou cisco??
Obrigada

Luciano Bastos disse...

Olá Yure,

Provavelmente essa sensação de que a visão piora após a retirada das lentes deve-se a dois fatores isolados. O primeiro é que você se acostumou com a visão que tinha antes das lentes e tinha que viver com essa visão então o cérebro se "adaptou" a essa visão. Ao corrigir essa visão o cérebro começa a se acostumar com a visão boa e quando retira as lentes há essa diminuição abrupta da qualidade e acuidade visual, percebendo-a como pior do que antes. A outra questão deve-se ao fato de a córnea sofrer algumas alterações topográficas, pequenas mas significativas, que fazem com que ocorra um "delay" ou atraso na volta da córnea a sua condição original.

Todas as lentes produzem essas alterações na córnea, a adaptação profissional ou a expressão adaptação de lentes de contato consiste em manter estas alterações dentro de um limite de segurança para assegurar o equilíbrio fisiológico corneano. Estas alterações permanecem por algum tempo e geralmente em poucas horas está normalizada.

Espero ter ajudado.

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog C&T.

Luciano Bastos disse...

Olá Eliane,

Existem vários colírios lubrificantes em forma de lágrimas artificiais que são utilizados. Os mais conhecidos e usados com lentes de contato são Fresh Tears, Lacrifilm, EcoFilm, Genteal que tem praticamente a mesma formulação. Outros utilizados são Systane UL, Optive e Endura. Todos estes lubrificantes oculares possuem conservantes portanto a sua utilização deve ser acompanhada pelo oftalmologista que irá orientar qual utilizar e e como utilizar.

Para quem tem síndrome de olho seco, seja evaporativo ou de outra ordem, há os colírios sem conservantes que podem ser utilizados com maior frequência como o Optive UD (em flaconetes), o Hyabak 0.15% e o Hylo Comod.

Converse com o seu oftalmologista para ter a melhor orientação sobre qual o mais indicado no seu caso.

Espero ter ajudado.

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog C&T.

Anônimo disse...

Olá tenho ceratocone e uso lente de contato rígida há três anos e ultimamente minha pálpebra ( na parte interna) esta machucando muito e ardendo e doendo muito, ficando bastante vermelha, mais que o normal e observo que esta machucando essa região, tem algum motivo em especial para isso estar acontecendo?

Obrigado.

Anônimo disse...

Olá tenho ceratocone e uso lente de contato rígida há três anos e ultimamente minha pálpebra ( na parte interna) esta machucando muito e ardendo e doendo muito, ficando bastante vermelha, mais que o normal e observo que esta machucando essa região, tem algum motivo em especial para isso estar acontecendo?

Obrigado.

Anônimo disse...

Leonardo - Franca-São Paulo

Olá tenho ceratocone e uso lente de contato rígida há três anos e ultimamente minha pálpebra ( na parte interna) esta machucando muito e ardendo e doendo muito, ficando bastante vermelha, mais que o normal e observo que esta machucando essa região, tem algum motivo em especial para isso estar acontecendo?

Obrigado.

Luciano Bastos disse...

Caro Anônimo,

Os sintomas apresentados sugerem que a lente que você está usando não está em boas condições. Possivelmente se o problema ocorreu somente agora, passados 3 anos é possível que a borda da lente4 esteja danificada e tenha que ser polida ou provavelmente a lente substituída.

Att.
Luciano Bastos

Anônimo disse...

OLA !
PRIMEIRAMENTE QUERO DAR OS PARABÉNS PELO BLOG ATRÁVES DELE APRENDI MUITO E PERDI O MEDO DESSE MEU PROBLEMA O CERATOCONE,

FOI DIAGNOSTICADO E MEU MEDICO ME DISSE QUE A LENTES DE CONTATO SERIAM DE GRANDE AJUDA NO MEU CASO, ESTOU USANDO A QUASE 1 SEMANA, MEU OLHO DIREITO PARECE ESTAR MAIS DO QUE ADAPTADO POIS NEM PERCEBO A LENTE AGORA MEU OLHO ESQUERDO ESTA DIFICIL, DOI E A UM DESCONFORTO NÃO INSUPORTAVEL MAS ESTRANHO, É NORMAL ? OUTRO PROBLEMA MEU MEDICO ME RECEITOU O OPTI FREE GP PARA LIMPEZA E MANUTENÇÃO DAS LENTES O PROBLEMA É QUE NÃO ENCONTREI EM MINHA CIDADE COMPREI PELA INTERNET MAS COMPREI ERRADO , COMPREI O OPTI FREE RESPLENISH E ESTOU USANDO ESSE POR ENQUANTO SERA QUE EXISTE ALGUM PROBLEMA

Luciano Bastos disse...

Olá Anônimo,

Que bom que o blog tenha ajudado a você, esse é o propósito dele.

Existem outras opções em soluções multiuso para lentes rígidas, pesquise.

A princípio não há problemas maiores em utilizar o Opti Free Replenish em vez do Opti Free GP. As lentes rígidas não sofrem nenhuma alteração com este produto.

Se você não teve nenhuma reação alérgica a este produto pode continuar a utilizá-lo.

Infelizmente os laboratórios fabricantes de produtos para lentes rígidas não fazem muita questão de terem seus produtos disponíveis, isso fica bem claro pois a imensa maioria das lentes que são utilizadas são as lentes gelatinosas. O interessante é que mesmo para quem não tem ceratocone, lentes RGPs são muito mais saudáveis que qualquer outra lente, mas elas precisam ser de boa qualidade e de alta tecnologia, nem todas lentes rígidas são assim, infelizmente.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Anônimo disse...

Olá bom dia, uso lentes rigidas tem 3 meses e no meu olho direto parecer tem alguma coisa na lente que atrapalhar a minha visão,eu retiro ela todos os dias para dormi no dia seguinte eu coloco pela manhã.

Anônimo disse...

Olá bom dia, uso lentes rigidas tem 3 meses e no meu olho direto parecer tem alguma coisa na lente que atrapalhar a minha visão,eu retiro ela todos os dias para dormi no dia seguinte eu coloco pela manhã.

Luciano Bastos disse...

Anônimo,

Somente o seu oftalmologista poderá avaliar o que você está ocorrendo, é possível que seja uma pequena bolha de ar formando, se ela desaparece pode ser isso, se persistir ou piorar é ainda mais importante ir fazer a revisão com seu médico.

Atenciosamente,
Luciano Bastos

Anônimo disse...

Olá as lentes rígidas tem q ser guardadas na solução ou no estojo seco?

Luciano Bastos disse...

Anônimo, não há nenhum problema em guardar as lentes rígidas secas, desde que tenham sido cuidadosamente limpas imediatamente após o uso.

Caso sejam de material híbrido com superfície especial basta deixá-las na solução por cerca de 15 a 20 minutos antes de usá-las novamente.

Anônimo disse...

Olá me chamo Matheus e tenho ceratocone e uso a lente rígida eu queria saber se tem algum problema eu fazer a flexão com o boston simplus ,depois lavar a lente com água e guardá-la no estojo com o boston?

Anônimo disse...

Luana Mauá SP olá à quatro anos fiz transplante de córnea e já estou na quarta lente rígida e não consigo me adaptar essa última que estou adaptando está um pouco melhor que as outras mais percebo que ela fica descendo e ao mesmo tempo acho que minha pálpebra faz ela descer não sei mais o que fazer ondee trato eles não tem lentes escleral, que acho que seria o melhor no meu caso gostaria da sua opinião grata.

Luciano Bastos disse...

Matheus,

O ideal seria então ao contrário, utilizar shampoo J&J neutro Ph balanceado (dilua um pouco com água), faça movimentos de fricção com o dedo na lente sobre a palma da outra mão, enxágue na água (utilize um protetor de ralo por precaução), depois sim fazer a assepsia com o Boston ou outro produto multiuso recomendado pelo seu oftalmologista.

Desta maneira suas lentes irão durar mais e ficarão mais saudáveis em aderência de depósitos muco-proteicos da lágrima.

_________________________________


Olá Luana,

É muito comum alguns pacientes passarem dificuldades com lentes rígidas, as vezes experimentando outra lente de outro fabricante pode ajudar. Experimente procurar um oftalmologista perto de você que adapte as lentes Ultracone, ou então converse com o seu oftalmologista sobre a possibilidade de ele entrar em contato com a Ultralentes. Segue abaixo o link para a lista de oftalmologistas que adaptam as lentes Ultracone, veja no estado de São Paulo.

www.ultralentes.com.br/onde-encontrar/

Boa sorte,

Luciano Bastos
Em colaboração com o blog C&T.

Anônimo disse...

Eu descobri. A pouco tempo que tenho ceratocone e estou ciente que tenho que usar lente de contato rigida,mas estou um pouco perdida em relaçao a tudo preço , tratamento etc. A verdade é que estou com um pouco de medo.Alguem poderia me orientar por favor!!!

Luciano Bastos disse...

Olá Anônima,

Tenha calma, procure se informar sobre o ceratocone, sugiro consultar um ou mais oftalmologistas, eles poderão lhe examinar e dar o seu parecer. Escute e anote o que eles tem a lhe dizer. O uso de lentes de contato é sempre um caminho saudável a seguir desde que sejam lentes boas e bem adaptadas. É importante, além de adaptar lentes para uma melhor visão (se houver necessidade, caso os óculos resolverem bem, melhor). Caso você não tenha idéia com quem consultar sugiro ver um dos oftalmologistas nesta lista da Ultralentes, são todos experientes em ceratocone e poderão lhe orientar. Veja o link abaixo:

www.ultralentes.com.br/onde-encontrar/

Qualquer dúvida poste aqui no Blog, por favor identifique-se e diga sua cidade e estado.

Atenciosamente,

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog C&T.

Anônimo disse...

Olá! Meu nome é Walkíria, comecei a usar as lentes rígidas há poucos dias e, ao pesquisar sobre as mesmas vi que existem produtos próprios para fazer a limpeza. Porém, ganhei no consultório do oftalmo com quem me trato o Opti-Free Pure Moist, mas na embalagem diz que ele é para Lentes de Contato de Silicone Hidrogel e Gelatinosas. Posso usá-lo nas minhas lentes rígidas, ou isso acarretará problemas futuros?
Obrigada!

Luciano Bastos disse...

Olá Walkiria,

A princípio pode utilizar sim este produto, ele não fará mal as lentes. Veja se o produto não lhe causa nenhuma reação, do contrário existem dois produtos utilizados e conhecidos para lentes rígidas, São:

- Boston Simplus
- Opti Free GP

Boa sorte, se tiver dificuldades com a sua adaptação não deixe de entrar em contato, estamos aqui para ajudar.

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog C&T.

Igor de Fraga disse...

olá uso lentes rigidas para ceratocone e a gelatinosa por baixo mais ta embaçando o que acham que é?

Luciano Bastos disse...

Olá Igor de Fraga,

A adaptação pela técnica de "piggyback" tem algumas limitações, é importante seu oftalmologista verificar se você não está fazendo edema de córnea com o uso desta técnica ou se as lentes estão em bom estado.

Geralmente pacientes adaptados com esta técnica podem desenvolver com passar do tempo intolerância as lentes gelatinosas devido ao baixo volume de oxigênio (hipoxia corneana) e falta de lubrificação adequada. Nestes casos o paciente terá que ser readaptado com lentes rígidas de boa qualidade e confortáveis ou então com lentes esclerais.

Luciano Bastos
Em colaboração com o Blog C&T.

Jackson Reedus disse...

Jackson

Tentei usar as lentes rígidas mais não consegui me adaptar, fiz no ano passado a cirurgia do anel de ferrara, queria saber se agora com a cirurgia feita vou ter menos incomodo ao usar as lentes rígidas?

sthevan disse...

Sthevan, Brasilia-DF

Luciano, primeiramente queria lhe parabenizar pelos esclarecimentos, e lhe fazer algumas perguntas. 1°pergunta:É possível fazer cirurgia refrativa sendo portador de um ceratocone que há 2 anos não evolui? 2° pergunta: sou usuário de lentes gelatinosas há mais de 8 anos, porém elas não abrangem todo astigmatismo, mas toda as vezes que vou ao oftalmologista, e testo as lentes rígidas, sinto muita dor nos olhos, e não consigo ficar com elas nem por 1hs, o médico recomendou adquirir as lentes, mesmo assim(sentindo dores), e diz que é com o tempo que se adapta, mas tenho medo de não me adaptar, o que devo fazer? Você pode me indicar algum especialista aqui em Brasilia-DF? Desde já agradeço, obrigado.

Luciano Bastos disse...

Ola Sthevan,

Respondendo suas perguntas:

1) Não é aconselhável. É uma grande coisa o ceratocone estar estabilizado, uma vez que seja retirado mais tecido estromal no sentido de corrigir as irregularidades (astigmatismo irregular) e miopia causados pelo ceratocone a espessura corneana irá diminuir mais e por consequência pode haver uma perda maior da resistência biomecânica da córnea, o que pode fazer com que o ceratocone volte a evoluir.

2) Há uma necessidade de readaptação, é outro tipo de lente, quando de boa qualidade a readaptação de lentes rígidas não deve ser necessariamente um processo doloroso.

3) Sugiro que você procure a Dra. Maria Chalita no CBV em Brasília, ela poderá lhe ajudar pois tem muita experiência com as lentes Ultracone desenvolvidas pela Ultralentes, vale a tentativa.

Boa sorte.
Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Jackson,

Cada caso é um caso diferente, o implante de anel modifica a topografia e as elevações anteriores da córnea produzindo uma nova perspectiva. Na nossa experiência no IOSB é mais complexa a adaptação de lentes rígidas em grande parte dos casos pós-implante de anel, tanto é que tive que desenvolver de forma pioneira no mundo, uma lente especial para adaptação pós-anel intracorneano, chamada de Ultracone PCR (Post-Corneal Ring) para sobrepor a elevaçao paracentral inferior geralmente deixada pela extremidade inferior de um dos segmentos do anel. Em outros casos optamos pela adaptação de lentes esclerais.

Mas como disse tem casos que o implante é bem colocado e não atrapalha tanto, gostaria de saer como será a sua experiência com as lentes. Se precisar de ajuda estamos a disposição.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Rodrigo Kelm disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Crystian Coppetti disse...

uso minhas lentes de contato rigidas a 6 meses ainda nao estou muito abituado na claridade irrita um pouco e jogo futebol com elas e um tanto arriscado coloco as 6 da manha e tiro as 11 da noite.

paulohen disse...

Paulo Herique
Rio Claro-SP

Ola´,tenho ceratacone e uso lentes de contato rígidas faz 2 meses, 1°pergunta:Minha preocupaçao é se eu posso continuar usando mesmo depois de ficar quase 1 ano sem usar.
2°pergunta:Eu posso ficar mais de 12 horas com ela
3°pergunta:Faz dois mese que uso,(mas uso em dias alternados um dia sim e outro não),mas sempre algumas horas depois meus olhos começa arder e começo a lacrimejar é normal
3°pergunta:Posso dormir e tomar balho com elas.
4°pergunta:minha ofta recomendo esse produto é bom?
http://www.e-lens.com.br/produto/Clear-Lens-120ml-Solucao-Conservadora-para-Lentes-Gelatinosas-e-Rigidas-Gas-Permeaveis-57385

Eu posso usar esse pra limpar as lentes?(minha ofta não falo nada sobre esse produto de limpeza)
http://www.e-lens.com.br/produto/Clear-Lens-RGP-60ml-Solucao-Limpadora-para-Lentes-Rigidas-Gas-Permeaveis-57386

Luciano Bastos disse...

Olá Rodrigo Kelm,

De fato aguardar 30 dias é muito tempo mas espero que o problema seja solucionado de maneira adequada. As vezes pode ocorrer um equívoco, o importante é que seja observado e tomadas as atitudes necessárias.

Qualquer dificuldade sugiro consultar com a Dra. Luciane Moreira ou com a Dra. Saly Moreira em Curitiba, elas poderão ajudá-lo. São duas grandes especialistas na adaptação de lentes especiais em casos de ceratocone.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Olá Crystian Coppetti,

Esse fenômeno de incômodo com a claridade as vezes tem relação com o desenho da lente, especialmente quando a borda e curvas periféricas estão desenhadas de forma inadequada. Isso pode causar eventualmente lacrimejamento e fotofobia intensa, se for o caso a adaptação precisa ser revista pelo seu oftalmologista. Mas se você tem utilizado das 6 as 23 hs sem maiores complicações me parece que não se trata de nenhum problema grave ao menos.

Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Olá paulohen,

Respondendo as suas questões:

1. É importante que você vá no seu oftalmologista para que ele possa avaliar como está a adaptação, se as lentes ainda estão adequadas ao seu caso.

2. Lentes de boa qualidade e alta tecnologia, com oxigenação adequada podem ser usadas por 12 hs ou mais sem problemas. No IOSB temos pacientes que usam por 14 - 16 hs ininterruptas há muitos anos e não tem nenhum problema.

3. Não é normal. A ardência, lacrimejamento e olho vermelho é sinal de que a lente está de alguma forma provocando um insulto, mesmo que leve, na córnea e a adaptação (ou readaptação no caso) deve ser revista pelo oftalmologista.

4. A limpeza e assepsia das lentes é fundamental para que as lentes fiquem seguras para o uso. Estes produtos me parecem de boa qualidade, mas sugiro que você siga as orientações da sua médica oftalmologista pois ela é a pessoa responsável pela adaptação e pela saúde de seus olhos.

Espero ter ajudado.

Luciano Bastos

Adriano dos Santos disse...

Vou ser sincero com você. Uso lentes rígidas faz 6 anos, desse que descobri que tinha ceratocone. Estou com a segunda lente faz quatro ano desde então. A um ano não venho tendo o mesmo hábito de higiene com elas como possuía. Costumo dormir com elas tbm. Porém elas não me incomodam ou fazem meu olho ficar vermelho. Mesmo assim podem estar infectadas? Pretendo voltar o tratamento em clínica agora que estou estabilizado financeiramente. Vocês tem alguma indicação na capital de São Paulo? Achei esse blog pq justamente a poucos minutos a lente esquerda saltou e caiu no ralo da pia, entre o cano. Consegui recuperar, porém por ter caído em água suja estou com receio de usá-la novamente. Apenas tenho a solução Opti Free. Agradeço caso venha responder minhas dúvidas e parabéns pelo post, muito bem explicativo.

Paulo disse...

Olá, Luciano.
Primeiramente gostaria de parabenizar você pela iniciativa de criar um blog e dispor essas informações para todos.

Adquiri lentes rgp da marca Solotica (nao sei se marca eh relevante) e me foi recomendado que utilizasse a solução do boston plus como o "sabão" para fricção e remoção dos resíduos. Depois utilizar o soro fisiológico pra enxague, e ai sim a lente poderia ser colocada no olho ou guardada (o mesmo procedimento pra guardar ou colocar no olho).

Lendo na internet e conversando com um amigo que usou por 3 anos a mesma lente, vi que não há essa recomendação, e no caso do meu amigo ele só usava o Boston e já colocava direto no olho, sem o enxague. Lá na clínica eles vendem o soro em recipientes de 10ml e o recomendam fortemente pq dizem q os de grande quantidade podem ser infectados com mais de 24h após aberto. Então suspeitei dessa tentativa de vender algo desnecessário.

Dessa forma, coloco alguns pontos:

1) O enxague com soro eh um procedimento para? E eh seguro com soro de mais de 24h?
2) o uso apenas do boston, sem utilizar o enxague com soro, pode não retirar os resíduos completamente ou prejudicar algo?
3) o uso da água e o sabão conforme recomendado no texto tem alguma restrição pra algum caso de lente rgp, o qual poderia ser o meu caso?

Agradeço muito a atenção.

Paulo

Paulo disse...

Retificando a primeira questão, o enxague com soro eh um procedimento necessário realmente ou recomendado?

Marcela Pereira disse...

Oi pessoal, descobri que tenho ceratocone a 1 mês e comecei a usar as lentes rigidas a 4 dias.
Mais o que eu achei estranho é que tenho a impressão de enxergar umas bolhas na lateral da lente, o que deixa a minha visão um pouco embaçada. Mas ai se pisco bastante as vezes ela some por alguns minutos e volta de novo.
Outra coisa que achei estranho é que ela se movimenta muito, as vezes pisco e ela ja sai do lugar e vai para cima do olho, ai tenho que ficar cuidado toda a hora.

Gostaria de saber se isso é normal? E se depois de um tempo de uso passa?

Obrigada, beijos!

Anônimo disse...

Olá Luciano.
Estou fazendo adaptação de lentes para ceratocone fazem quase duas semanas já e estou com uma duvida e um problema(talvez).
Minha oftalmologista recomendou que eu usasse o Boston Simplus para a limpeza diária e o Renu 1 Step 2x por semana para remover proteínas. Acontece que esse Renu é difícil de encontrar e pelo que eu vi ele é feito para manutenção de lentes gelatinosas. Minha dúvida é: devo usar esse produto, SE eu encontrar para vender? Pois o Boston Simplus já vem com removedor de proteínas então me surgiu essa dúvida. E mais, não utilizando o Renu step mesmo o Boston tendo removedor de proteínas posso ter algum problema com minhas lentes em relação a limpeza ou a conservação(validade)?

Anônimo disse...

Gui cidade: Socorro estado: São Paulo


Olá.
Minha médica me indicou utilizar para limpeza e manutenção das lentes o Boston Simplus e o Renu 1 step. Acontece que aqui na minha cidade eu não estou conseguindo encontrar o Renu que é um removedor de proteínas que a oftalmo disse para usar 2x por semana ao retirar e guardar as lentes. Não comprei o Renu e não estou usando. Minhas dúvidas são se eu posso ter problemas ao usar somente o Boston Simplus para limpeza das lentes já que ele já vem com removedor de proteínas e o Renu me foi receitado justamente para isso? Estou fazendo a adaptação das lentes há uns dez dias já e estou um pouco preocupado com isso. Liguei para o SAC da Bausch & Lomb para me informar a respeito deste Renu 1 step e a atendente só me disse que "ele ainda é COMERCIALIZADO" mas não especificou se ele ainda é fabricado. E em algumas farmácias que eu tentei até encomendar o produto eles diziam que o fornecedor nem tem o mesmo. Encontrei em alguns sites para comprar pois não sei se o produto é legítimo, se está guardado há muito tempo pois ele deve ter um prazo de validade semelhante ao do Boston, enfim não sei o que fazer. Posso continuar a usar somente o Boston que não vou ter problemas?

Luciano Bastos disse...

Olá Marcela,

O fato de aparecer estas microbolhas pode significar que os parâmetros das lentes não estejam de acordo com o caso e a adaptação precisa ser revista pelo seu médico.

Em relação a mobilidade excessiva, se de fato as lentes estiverem planas demais elas irão apresentar microbolhas próximas a borda e podem ficar bastante instáveis na
córnea, além de oferecerem risco de lesionar a córnea se estiverem com toque apical (no ápice do ceratocone).

Reveja a adaptação junto ao seu oftalmologista.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Kahic disse...

Olá, faço piggy back há 2 anos, e troquei a lente rígida há 15 dias, mas só agora o meu olho começou ficar vermelho da metade para baixo. O que será que aconteceu?

------------------------

As vezes eu tento deixar o piggy back de lado, e tentar usar somente a lente rígida, mas sempre sinto o encomodo. Isso é normal? Ou pelo o tempo que eu faço o piggy back (2 anos) já era pra eu ter me acostumado somente com a rígida logo na primeira tentativa?

Grato.

Marcela silva disse...

ola meu nome e marcela sou de minas gerais uso lentes rigidas a um ano e meio estou com uma viagem marcada a praia e nao sei como procedder com os cuidados com minhas lentes o que devo fazer



Luciano Bastos disse...

Olá Kahic,

É comum o piggyback funcionar por um tempo (as vezes um ano, dois ou até mais) até que a córnea passa a não tolerar mais a presença da lente gelatinosa apresentando um quadro de intolerância alérgica (olho vermelho, irritação, sensação de pálpebras quentes, lacrimejamento intenso, etc). Isso ocorre basicamente pelo fato da córnea estar com pouca oxigenação e lubrificação.

Tempo muito seco, poluição, ar condicionado por exemplo podem agravar o quadro. O ideal no seu caso é que o seu oftalmologista reavalie o quadro, se necessário readaptar apenas com lentes rígidas especiais de alta qualidade e tecnologia ou então tem também a possibilidade de adaptar lentes esclerais.

Se a lente rígida sozinha não tiver um desenho apropriado é praticamente impossível o paciente se adaptar. Existem diversos tipos de lentes e as vezes a mais apropriada a seu caso pode ser de outro tipo, outro fabricante.

Boa sorte,

Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Marcela Silva,

O seu oftalmologista ou a clínica onde você adaptou suas lentes não deu as orientações de como proceder?

Este guia acima pode ser bastante útil, espero que tenha ficado claro.

Boa sorte na sua adaptação.

Luciano Bastos

Paola Moura disse...

Eu vou usar lentes rígidas. Eu tenho que usar esses mesmos produtos de limpeza ou eu posso usar sabonete normal e solução fisiológica ? E eu posso ficar quanto tempo com as lentes , 8 horas ou eu posso tirar só na hora que eu ir dormir e tomar banho ?

Paola Moura disse...

Eu vou usar lentes rígidas.. Eu tenho que usar os mesmo produtos de limpeza ou eu posso usar só sabonete normal e solução fisiológica ? E eu posso ficar quanto tempo com as lentes? 8 horas ou eu posso tirar só na hora que eu for tomar banho e ir dormir ? Eu tenho 8,30 de miopia de um olho e 4,30 do outro e poucos graus de astigmatismo... Responde este por favor pq cai no meu e-mail. Muito obrigada

Kely Carvalho disse...

Kely QUIRINOPOLIS GO
Olá Drº lUCIANO BASTOS

Meu filho de 8 anos de idade foi diagnosticado astguimatismo 5,25d, e 6d, e na topografia cornea com má formação, mas ainda não é ceratocone. estamos 13º dia com as lentes rigidas, e há 3 dia a lente do olho esquerdo esta escorregando, percebi que este olho esta lacrimejando mais que antes.. o que o Srº pode me orientar..Desde ja Parabéns por existir e ajudar a tantos!!
Kely Cristine

Francisco Costa disse...

Francisco Wagner
Belo Horizonte - MG

Prezado Luciano,

O uso do shampoo J&J diluído em soro fisiológico é realmente seguro? Pergunto pois já ouvi recomendações de não utilizar o soro fisiológico após 24h que foi aberto, não sei se isso se aplica na limpeza das lentes rígidas, se teria algum risco de infecção. Obrigado.

Francisco Costa disse...

Francisco Wagner
Belo Horizonte - MG

Prezado Luciano,

O uso de shampoo J&J diluído em soro fisiológico é realmente seguro na limpeza de lentes rígidas? Pergunto pois já recebi recomendações de não usar o soro após 24h que foi aberto, não sei se essa recomendação se aplica para lentes rígidas. Obrigado.

Lucas Martins disse...

Bom dia , esqueci minha lente fora do estojo e seca por 2 dias ,ainda posso utilizalas?
desde ja agradeço.

João Herodes Casali disse...

Olá, tenho ceratocone e uso lentes de contato rígidas, eu as coloco cedo de manha e só as retiro as 23:00 por conta de trabalho e faculdade, porém, em certos dias eu sinto muita ardência nos olhos e muita coceira, até que chega e um ponto em que eu preciso retira-las, o que me atrapalha muito pois não encher nada sem elas. O que eu poderia fazer para resolver o problema? Agradeço desde ja.

Anônimo disse...

valdir galvão vitoria da conquista-bahia bom dia estou com uma duvida procurei meu oftalmologista para esclarecer uma duvida.quando eu tirava e colocava a lente dodos os dias eu sentia um desconforto muito grande as vezes a lente machucava a pálpebra e tinha que perder um dia inteiro de trabalho pois não conseguia ficar com a lente porque ardia muito,por isto passei a dormi com a lente no começo foi estranho mais depois min acostumei e melhorou muito a minha relação com a lente pois depois disto nunca mais tive problema em machucar a pálpebra fico as vezes semanas sem tira a lente.lente. Falando com o meu medido ele disse que só tinha um unco problema que era a vida útil da lente quanto ao olho ele disse que esta tudo ok pois a lente dava uma boa oxigenação minha lente rígida dupla face gostaria de saber se o senhor compartilha da mesma ideia dele ou tem outra posição sobre isto desde já agradeço e aguardo a resposta.

Anônimo disse...

Taynara Araujo, São Paulo


Olá! Tinha desistido de usar minhas lentes rígidas, e me descuidei delas durante esse tempo.Elas ficaram vários meses guardadas dentro do estojo, e eu nem mexi nelas pra limpá-las nem nada.
E agora resolvi voltar a usa-las e gostaria de saber se o fato delas terem ficado guradadas tem algum problema, mesmo que eu as lave adequadamente e deixe elas na soluçao o tempo que for necessario a partir de agora.Obrigada desde já.


Jeferson Torres do Nascimento disse...

Olá, uso lentes de contato rígidas a 6 meses, tenho ceratocone apenas no meu olho esquerdo e nos últimos dias sinto um desconforto somente no meu olho direito, sensação de olho seco, minha lente fica pegando, canto esquerdo do olho vermelho e as vezes um pouco amarelado... porém eu não tenho ceratocone no olho direito, apenas no esquerdo. Será que somente meu olho direito é seco? Se isso for possível, qual recomendação você me sugere?

Desde já agradeço.

Atc. Jeferson Torres
Campo Mourão - Paraná

Luciano Bastos disse...

Olá Paola Moura, desculpe pela demora em responder. São muitas mensagens e as vezes me perco entre elas.

Bem, o ideal para lentes rígidas é fazer a limpeza química e mecânica com shampo J&J neutro e depois enxaguar e somente após utilizar a solução de limpeza e conservação de lentes rígidas. No caso pode utilizar o soro fisiológico sim mas lembre-se de armazená-lo na geladeira, pois fora da geladeira ele permanece estéril por somente 24 hs depois de aberto.

Boa sorte!
Luciano

__________________________________


Olá Kely Carvalho,

O lacrimejamento maior pode ser o motivo pelo qual a lente está escorregando para baixo, e o motivo pelo qual este olho está lacrimejando mais é que a lente pode não estar confortável o suficiente e com isso provocando o que se chama de lacrimejamento reflexivo. O olho sente a lente e produz lágrima para "expulsar" o que está provocando o incômodo. Tem que rever a adaptação e adaptar lentes de melhor qualidade.

Boa sorte!
Luciano

__________________________________


Caro Francisco Costa,

Realmente é correto afirmar que o soro perde a condição de estéril 24hs depois de aberto, no entanto se armazená-lo na geladeira ele dura até 7 dias, depois sim deve ser descartado.

Atenciosamente,
Luciano

__________________________________


Olá Lucas Martins,

Se forem lentes rígidas não tem problema nenhum.

Luciano

__________________________________


João Herodes Casali,

O problema que você está enfrentando pode ter duas causas, a primeira seria o desenho da lente inadequado, alguma imperfeição no desenho. É necessário a adaptação de lentes rígidas de alta qualidade para um melhor resultado. Outro fator que pode influenciar e ajudar seria a utilização de um colírio lubrificante indicado pelo seu oftalmologista. No entanto em caso das lentes não estarem bem acabadas ou um defeito no desenho, o colírio é um mero paliativo e pode não resolver corretamente.

Atenciosamente,
Luciano

Luciano Bastos disse...

Olá Valdir Galvão,

Eu compreendo que alguns oftalmologistas recomendam a utilização estendida das lentes rígidas ou seja, dormir com elas por cerca de uma semana e retirar um dia para os olhos descansarem e para uma limpeza das lentes. No entanto para isso é fundamental que as lentes sejam fabricadas nos materiais de altíssima oxigenação (DK igual/maior do que 100) e que o desenho das lentes seja de alta performance que permita a adequada circulação das lágrimas. Mesmo assim considero uma utilização off label das lentes e uma técnica que talvez esconda a qualidade inferior das lentes e produza uma espécie de falta de sensibilidade corneana que pode ser prejudicial no sentido do paciente não perceber se a lente estiver provocando uma lesão.

Tem que ter um acompanhamento mais frequente com o oftalmologista. No IOSB não indicamos que o paciente durma de lentes, mas tem alguns que faze uso desta forma, no entanto nós conhecemos cada milésimo de mm da lente que o paciente usa.

Att.
Luciano Bastos

________________________________

Olá Taynara Araujo,

É importante que você verifique com seu médico se elas estão ainda adequadas e atualizadas ao seu caso, se houver uma alteração topográfica importante na córnea elas deverão ser refeitas com outra curva e/ou desenho.

Luciano

________________________________

Olá Jeferson Torres do Nascimento,

O seu médico tem que avaliar o caso, o uso de colírios lubrificantes pode ajudar mas geralmente tudo é o desenho das lentes. A lente sendo de boa qualidade e estando corretamente adaptada é um passo no sentido de uma boa relação lente/córnea e assim manter a saúde fisiológica da córnea e os olhos calmos.

Atenciosamente,
Luciano

Nathy Taffe disse...

Olá! Comecei a usar lente escleral no olho direito e em menos de 1h, a lente fica manchada. Eu estou fazendo a limpeza apenas com Boston e SF 0,9% sem conservantes. Eu confesso que estou decepcionada pq a escleral mancha rapidamente! Como devo proceder? Ah! A lente escleral só pode ser usada apenas por 10h por dia? Obrigada!

DANIELLE disse...

BOA TARDE!
A 5 MESES DESCOBRIR QUE ESTAVA COM CERATOCONE. FUI AO MEDICO E ELE DISSE QUE NO MEU CASO SÓ A LENTE DE CONTATO RÍGIDA PARA TENTAR SOLUCIONAR. E NO MEU CASO O MEU GRAU JÁ ESTÁ BEM AVANÇADO COM 18° GRAUS. MAIS AINDA NÃO CONSEGUIR ACOSTUMAR COM A LENTE. MEU OLHO COMEÇA A LACRIMEJAR E A LENTE FICA ESCORREGANDO NO MEU OLHO. NÃO TERIA OUTRA SAÍDA? PORQUE NÃO CONSIGO FICAR NEM 10 MINUTOS COM A LENTE NO OLHO.

Luana Machado disse...

Estou usando as lentes mais sinto que elas se mexem muito quando pisco, é normal??

Jonathan Machado disse...

Jonathan

Eu estou na fase de adaptação da LC rígida as 10 dias ainda estou com a visão embasada e normal?
E na hora de uso só pingo o Boston simplus. E para guardar uso Johnson para lavar com água corrente e coloco no estojo mergulhado com Boston simplus isto está correto?

Jonathan Machado disse...

Jonathan

Eu estou na fase de adaptação da LC rígida as 10 dias ainda estou com a visão embasada e normal?
E na hora de uso só pingo o Boston simplus. E para guardar uso Johnson para lavar com água corrente e coloco no estojo mergulhado com Boston simplus isto está correto?

Unknown disse...

Socorro!!!Sou Glauber tenho ceratocone e faço uso da lente rigida em um olho só, mas já tenho um mês de pecistencia e contínuo com minhas vistas com vermelhidão,minha oftalmo me indicou o uso de uma lente gelatinosa por baixo da rígida e nada...O Q FAZER?PRECISO MUITO DE MINHAS VISTAS PERFEITAS...

Anônimo disse...

Fiquei 1 ano com a lente rigida guardada... existe algum tipo de limpeza q me deixe a utilizar novamente?

Paola Paula disse...

olá Boa Luciano há três anos atrás descobri que tenho ceratocone, eu usava a lente rígida e então meu oftalmo disse que meu caso tinha agravado.. Eu iria colocar o anel mas o plano de saúde não estava querendo autorizar..Me recomendaram a usar a lente escleral que depois de 6 dias de uso me deu conjutivite.. Eles trocaram a lente só que quando coloco atarde o olho começa a ficar vermelho e depois que tiro a lente fica mais vermelho com a marca da lente e começa a arder muito.. Eu volto no oftalmo e ele fala pra mim por colirio.. Mas estou meia desesperada e queria uma opniao sua.. Sou de São José do Rio Preto.. Dez de Já agradeço

Crystian Coppetti disse...

obrigado 👍🏻 agora me sinto bem ja vai fazer 2 anos que estou com a mesma lente, sinto que no começo elas nao estavam bem no formato do olho, mas agora eu sinto meus olhos bem confortados, tambem no começo dava uma sensaçao que o olho estava quente, mas agora esta tudo ok, ate esses dias eu fui numa festa a noite e passei por uma menina tão linda que no momento que eu olhei para ela, a lente caiu da minha vista no meio da festa, acho que foi pq dilatou pupila seila hahaha, talves esteje na hora de trocar, mas estao muito boas👍🏻

lilia freire disse...

Além do processo descrito de limpeza das lentes rígidas com shampoo j j diluído e solução simple ou puré moist, precisa usa limpador enzimático? Supra clens? Ou 1 step? Se necessário, qual a frequência de uso? Diária? Semanal? Pode ser usado solução de conservação de um fabricante com limpador enzimático de outro fabricante?

lilia freire disse...

Gostaria de parabenizar o Luciano. Uso lentes rígidas há 38 anos e sempre as lavei com shampoo j diluído. Hoje tenho as seguintes dúvidas:Realizando todo o processo de limpeza corretamente, usando shampoo j diluído e solução boston simple ou puré moist para conservação, o uso do limpador enzimático supra clens é importante? Como deve ser usado diariamente ou semanalmente? Não precisa usar? Lilia

lilia freire disse...

Gostaria de parabenizar o Luciano. Uso lentes rígidas há 38 anos e sempre as lavei com shampoo j diluído. Hoje tenho as seguintes dúvidas:Realizando todo o processo de limpeza corretamente, usando shampoo j diluído e solução boston simple ou puré moist para conservação, o uso do limpador enzimático supra clens é importante? Como deve ser usado diariamente ou semanalmente? Não precisa usar? Lilia

alex west java disse...

Alex westjava, falo de Curitiba Paraná. teñho uma das córneas transplantada e tenho feito uso de lente de contato rígida e ultimamente nessa córnea do transplante minha visão fica turva quando uso a lente ao tirar ela continua turva depois de uma noite de sono as vistas amanhecem normais

leonardo wsm disse...

Bom dia. eu acompanho vcs desde o orkut.
Preciso muito de ajuda, tenho ceratocone nos dois olhos tenho q usar lentes nos dois.
Eu nunca comprei as duas, eu sempre uso uma até não ser possível mais enxergar e depois eu compro outra e assim vou alternando... eu faço isso pois as lentes são ABSURDAMENTE caras!

Este ano possivelmente não vou poder comprar as lentes, vou ter de ficar 1 ano parado pois não tenho condições de comprar nenhuma, estou passando por graves problemas financeiros.

Gostaria de saber se há algum recurso q eu possa usufruir para conseguir um desconto na compra dessas lentes? Preciso muito de ajuda.

Margarida Da Silva Lourenço disse...

Minha lente rígida caiu na água,o que eu faço?

Unknown disse...

Olá,

Uso lente de contato dívidas a poucos meses e recentemente notei que ao tirar lente depois de algumas horas fica a marca dela no olho, isso é normal?

Anônimo disse...

faço uso de lente escleral e tenho utilizado shampoo neutro para limpeza, por questões de custo não tenho utilizado a solução de limpeza especifica.
gostaria de saber se o uso do shampoo para limpeza pode acarretar algum dano a mesma, como deixá-la amarelada?
obrigada
Claudia Fernandes - Londrina/PR

Carine Ramos disse...

Tenho ceratocone e uso lentes à quase 10 anos.
Me adaptei rapidamente e nunca tive problemas, porém confesso q nunca usei shampo neutro, apenas a solução multiuso e já estou com o mesmo par de lentes a 3 anos.
Gostaria de saber, é possível fazer uma limpeza mais profunda como remoção de proteina ou limpador enzimatico??? Se sim, qual seria o nome do produto e o mais adequado para este tipo de lente?!?
Carine Ramos - Pirenópolis/GO

Luciano Bastos disse...

Olá Nathy Taffe e todos que postaram do ano passado para cá.

Em primeiro lugar desculpem não ter visto as postagens de vocês, me desculpe a demora em responder mas há dezenas e dezenas de postagens, dá bastante trabalho e ainda tem o grupo no Facebook Ceratocone & Tratamentos

Bem, no caso Nathy espero que seu problema tenha sido resolvido. E em relação a isso, as lentes que nós desenvolvemos e adaptamos no IOSB em Porto Alegre, fabricadas pela ULtralentes, não apresentam estes problemas, mas uma limpeza adequada ou a troca do material pode ser tentada. Nossos pacientes utilizam as lentes bem mais que 10 horas por dia sem nenhum sinal de hipoxia corneana ou de qualquer outro sinal clínico de alteração fisiológica que possa comprometer a córnea, muito pelo contrário, frquentemente a córnea fica ainda mais saudável pois a lente tem ação terapêutica em alguns casos, especialmente em relação a pacientes com instabilidade do filme lacrimal, ou olho seco.

Abs.
Luciano Bastos


----------------------------------------

DANIELLE,

Procure por um oftalmologista credenciado na ULtralentes perto de você. Qualquer dúvida entre em contato.

Clique no link ao lado >>>> Oftalmologistas Credenciados Ultralentes


Boa sorte,
Luciano Bastos

----------------------------------------

Luana Machado,

As lentes rígidas devem obrigatoriamente movimentar mas não muito. No começo da adaptação pode ser em virtude de um lacrimejamento maior aí elas dançam no olho e incomodam. Procurar olhar para baixo com a cabeça nos primeiros minutos ajuda a aliviar e o olho fica mais calmo, lacrimeja menos e adaptação deve seguir seu curso. Se não tiver uma boa adaptação entre 7 e 10 dias procure um especialista credenciado na Ultralentes (link acima) que ele poderá ajudar.

Boa sorte!
Luciano Bastos

----------------------------------------

Olá Jonathan Machado,

Sim está correto, leia o que escrevi acima, ok?

Boa sorte!
Luciano Bastos

----------------------------------------

Glauber,

Procure um especialista credenciado na Ultralentes. Isso irá ajudar.

Boa sorte,
Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Anônimo,

Procure seu oftalmologista, após um ano sem usar tem que se a lente está atualizada para o caso, ver se não houve alteração da curvatura da córnea. Outra coisa, se a lente não é de boa qualidade e por isso não conseguiu se adaptar antes, não vai ser agora. Apenas vai sofrer mais. Na dúvida, experimente outras lentes com outros especialistas se tiver dificuldades.

Boa sorte!
Luciano Bastos

----------------------------------------

Olá Paola Paula,

Procure pela Dra. Leila Maria Alexandrino Pinto no BOS em Sorocaba ou em SP. Tem outros especialistas mas com esse quadro que você postou, as lentes não estão adequadas para seu caso, é preiciso um especialista experiente e com lentes de alta qualidade e tecnologia.

Se quiser vir no
IOSB (Instituto de Olhos Dr. Saul Bastos) aqui em Porto Alegre podemos ajudá-la, tem muitos pacientes que vem aqui para adaptações de alta compelxidade com lentes totalmente personalizadas, índice de sucesso de 99%.

Boa sorte!!
Luciano Bastos

----------------------------------------

Olá Crystian Coppetti,

Que bom saber. Cuide-se e não deixe de fazer as revisões com seu oftalmologista.

Abs.
Luciano Bastos

----------------------------------------

Olá lilia freire

Pode sim, limpador enzimático uma vez por semana pode ajudar. Especialmente se a sua lágrima produz muito muco (mucina, proteína da lágrima) que pode aderir com o tempo junto a superfície das lentes.

Atenciosamente,
Luciano Bastos

----------------------------------------

Olá alex west java,

Aí em Curitiba tem duas excelentes especialistas que são inclusive muito amigas, a Dra. Saly Moreira e a Dra. Luciane Moreira no Hospital de Olhos do Paraná. Se tiver dificuldades procure por elas que elas irão ajudar.

O especialista deve avaliar e manejar a adaptação para a sua segurança, ok?

Atenciosamente,
Luciano Bastos

Luciano Bastos disse...

Anônimo,

As lentes esclerais que são fabricadas pela ULtralentes não ficam amareladas e inclusive incentivamos a lavar com shampo J&J neutro Ph balanceado, fazendo fricção, especialmente após o uso, e somente depois utilizando a solução multiuso de lentes.

No entanto já observamos que lentes de outra fabricação que vimos com pacientes que nos procuraram realmente elas ficam amareladas com o tempo. Acredito que seja devido ao tipo de material, na nossa experiência não temos estes problemas com os materiais de alta tecnologia utilizados pela Ultralentes.

Atenciosamente,
Luciano Bastos

-----------------------------------

Olá Carine Ramos,

Se você está bem e usando o mesmo par há 3 anos sem maiores problemas continue assim, realmente sua lágriama não é daquelas que tem muita mucina que pode aderir facilmente a superfície das lentes. No caso, não creio que seja necessário limpador enzimático, mas siga as orientações do seu oftalmologista e faça as revisões de acordo, ok?

Atenciosamente,
Luciano Bastos

Rayane disse...

Olá!! Eu tenho ceratocone a uso lentes rigidas a quase um mês SÓ q depois de alguns minutos com elas nos olhos percebi q ela embaça fica com aspecto de tempo esfumaçado oq esta acontecendo me ajudem...

Luciano Bastos disse...

Rayane,

Onde você mora? O ideal é perguntar para o seu oftalmologista e se ainda assim ficar com dúvida talvez seja importante uma segunda e até uma terceira opinião. Possivelmente pode ser um problema de "fogging" (embaçamento) do fluido ou na lente ou na córnea em última hipótese.

Vá no seu oftalmologista para ele lhe var assim.

Att. Luciano Bastos